terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Inocência de um sonho (continua)


Todo dia me pergunto se mereço isso,
se cuidava desse jardim tão bem,
aprendi a amá-lo
e dei toda minha atênção e amor...

Porque me traiste hô lindo jardim?
Como querias tú que aprendeste tudo rapido?

Como pôde não ligar ou esquecer que te protegia de noite e dia?

Você era tudo que tinha, meu bem precioso,
minha alegria, meu aconchego, minha paz,

sentia-me como criança
de ver as rosas de todas as cores e formas
se abrirem em cada manhã no seu esplêndido.

Sentia seguro contigo, e te passava segurãnça.

Eu embaixo desse carvalho sinto falta
desse lindo jardim
Que o vento levou embora sua fragrância.

Um comentário:

H A R R Y G O A Z disse...

Have a SUPER weekend, Fabiano!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...