sábado, 8 de outubro de 2011

Delírios.



Neste instante o silêncio,
Por frações de segundos,
será absoluto,
sendo apenas vencido por gemidos
e palavras sussurradas docemente.

E nossos corpos, como nascentes
de rios, embargados em suor,
deslizarão mansamente sobre lençóis
em movimentos de carícias e cumplicidade;

Então te beijarei com toda
intensidade de meu ser
e olhando dentro de teus olhos,
Direi...

Te amo.

4 comentários:

fus disse...

que bonito poema de amor..Me gusta como escribes y con tu permiso me quedarè por aqui para seguirte.

Te invito a que pases por mi blog

un fuerte saludo

fus

lola disse...

Hola buenos días!! Feliz semana
Gracias por tu visita
Es maravilloso leerte Lindo escrito me encanto leerte.
Mil gracias por compartirlo.
Un abrazo

Tretswelt disse...

Oiii.Quelindoo!um beijao daqui do frio p vcs!Luciene

ॐ Shirley ॐ disse...

Poema lindo e envolvente, Fabiano. Um beijo de luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...